Início do conteúdo

Zika em questão: seminário discute desafios da informação e comunicação

Aedes aegypti

01/09/2017

Por: André Bezerra (Icict/Fiocruz)

Compartilhar:

Diante da emergência do vírus zika nos últimos anos, diversos processos no campo da saúde e das ciências foram implementados visando oferecer uma resposta mais efetiva da sociedade em relação à doença. Nesse sentido, o Centro de Estudos do Icict promove seminário sobre alguns dos desafios da comunicação e da informação em saúde relativos às arboviroses.

O seminário Desafios da informação e comunicação em saúde: o vírus zika em questão será realizado em 5 de setembro de 2017, a partir das 9h, no Salão de Leitura da Biblioteca de Manguinhos, e conta com o apoio do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fiocruz, Bio-Manguinhos.

A proposta surgiu a partir do projeto de pesquisa intitulado Tecnologias Comunicativas - o Zika Vírus em Questão, realizado no âmbito do Icict. “Queremos enriquecer a discussão sobre o tema em questão, abordando algumas políticas de comunicação em saúde, especificamente na questão do enfrentamento da emergência do vírus zika, no desdobramento pós epidemia, e o papel dos atores institucionais, suas relações com a sociedade civil e a repercussão nas mídias sociais”, explica Paulo Abílio Varella Lisboa, co-organizador do seminário, ao lado de Lidiane Carvalho, pesquisadora do Laboratório de Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Licts).

A sessão terá duas mesas temáticas. A primeira será Discursos em saúde na emergência zika, e terá como palestrantes Cristina Guimarães, do Licts/Icict, e Paula Gabriel, da Agência Nacional de Saúde Suplementar. Elas abordam políticas de comunicação e a questão das redes sociais. A segunda mesa será Comunicação do conhecimento e inovações em saúde no caso zika, com a presença de Wilson Savino, do Instituto Oswaldo Cruz (IOC) e Coordenador de Estratégias de Integração Regional e Nacional da Fiocruz, Antônio Gomes Pinto, que irá discutir aspectos da implementação do kit diagnóstico para dengue, zika e chikungunya, representando o Instituto Bio-Manguinhos, além do representante da Coordenação Geral de Laboratórios de Saúde Pública/CGLAB/Ministério da Saúde, Emerson Luiz Lima Araújo.

O evento terá transmissão simultânea pelo canal da Videosaúde Distribuidora da Fiocruz pela internet. O Salão de Leitura da Biblioteca de Manguinhos tem capacidade para até 100 participantes e o seminário concederá certificado de participação para aqueles se inscreverem pelo site do Icict e assinarem a lista de presença.

Conheça a programação:

9h Abertura

9h10 Mesa 1
Discursos em saude na emergência de zika

Palestras:
Política de informação em comunicação em epidemias
Cristina Guimarães - Licts/Icict/Fiocruz

Zika no contexto das redes sociais
Paula Gabriel - Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)

Moderação: Paulo Abílio Varella Lisboa

10h40 Mesa 2
Comunicação do conhecimento e inovações em saúde no caso zika

Palestras:
Desafios da comunicação em zika
Wilson Savino - IOC/Fiocruz

Desafios para a implementação do ZDC
Antônio Gomes Pinto - Bio-Manguinhos/Fiocruz

Debatedor convidado:
Emerson Luiz Lima Araújo - Coordenação Geral de Laboratórios de Saúde Pública/CGLAB/Ministério da Saúde

Moderação: Lidiane Carvalho

13h Encerramento

 

Serviço

Seminário do Centro de Estudos: Desafios da informação e comunicação em Saúde - O vírus zika em questão
Local: Salão de Leitura da Biblioteca de Manguinhos
Data: 05/09/2017
Horário: 9h às 13h
Inscrições: eventos.icict.fiocruz.br

Voltar ao topoVoltar