Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Levantamento aponta que Brasil apresenta número alto de queimados


11/05/2012

Compartilhar:

Pesquisadores da Universidade de São Paulo e da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) analisaram, durante o período de um mês, 761 atendimentos por queimaduras efetuados em serviços de emergência do Distrito Federal e de 23 capitais. Os resultados da pesquisa Atendimentos decorrentes de queimaduras em serviços públicos de emergência no Brasil, 2009, publicados na revista Cadernos de Saúde Pública da Fiocruz, indicaram que crianças menores de 10 anos e adultos em idade produtiva (entre 20 e 29 anos) foram os mais atendidos com o problema, sendo a residência o local mais frequente da ocorrência (62,1%).

O objetivo foi apontar como é alto o número de pessoas que foram internadas em hospitais públicos no Brasil por lesões decorrentes de queimaduras (mais de 80 mil pessoas, sendo 2.175 vítimas fatais). Além disso, a pesquisa busca fornecer subsídios científicos necessários para orientar ações de prevenção.

Os pesquisadores ainda indicam que o ambiente doméstico oferece numerosos riscos para essas ocorrências, dada a presença de diversos agentes inflamáveis (como álcool, querosene, botijão de gás, velas), objetos quentes usados em atividades rotineiras na cozinha (fogão, panelas etc), equipamentos domésticos (como ferro de passar roupa e aquecedores) e exposição de correntes elétricas (tomadas e outras instalações).

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar