Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Inova - Projeto da Fiocruz Ceará é recomendado em edital com foco na Covid-19


22/05/2020

Compartilhar:

A Fiocruz Ceará teve um projeto recomendado no Edital do Programa Inova Fiocruz - Resposta Rápida, com foco na pandemia da COVID-19 (doença respiratória aguda causada pelo coronavírus (SARS-CoV-2).  Das 109 propostas homologadas neste edital, 47 foram recomendadas 62 não recomendadas.

O projeto, coordenado pelo pesquisador da Área de Biotecnologia, Fábio Miyajima, visa desenvolver e validar um sistema multipropósito alternativo de coleta de amostras biológicas para diagnóstico laboratorial da COVID-19. Na prática, o projeto propõe um sistema simples de auto coleta, seguro, não invasivo, de amostras para diagnóstico molecular, por meio da saliva.

O teste é uma alternativa à tradicional coleta por swab, uma espécie de "cotonete" longo, que recolhe material da cavidade nasal e/ou na orofaringe. O teste é o mais utilizado em unidades hospitalares e centros de saúde do Ceará. Além de ser um método menos invasivo, essa alternativa elimina o risco de contaminação do profissional de saúde que coletaria a amostra e a saída do paciente de casa até uma unidade hospitalar, minimizando r contatos e exposições em ambientes de maior risco de contágio. 

O trabalho analisará ainda a estabilidade e robustez do método em amostras coletadas de pacientes, tanto com alta, como de baixa carga viral. De acordo com Fábio Miyajima, os testes preliminares apontam desempenho igual ou superior aos resultados dos testes realizados com o swab. 

“As gotículas de saliva têm sido o grande meio de transmissão da COVID-19 entre pessoas, por meio da fala, do espirro ou da tosse, mas se direcionarmos isso a nosso favor, poderemos oferecer um método de coleta de grande desempenho diagnóstico e que poderá auxiliar no rastreio de casos de pessoas na comunidade. Além disso, é uma alternativa de baixo custo e que faz uso de matériais já existentes ou de fácil acesso no mercado neste período de pandemia.”, defende o pesquisador.

Pelo projeto, a saliva é coletada em um tubo comum (tipo Falcon) de laboratório, similar aos utilizados para coleta de swabs, e uma solução estabilizadora é adicionada antes que a amostra seja encaminhada para o serviço de saúde para o teste diagnóstico. Para tanto, foi necessário prototipar um adaptador de plástico atóxico, desenvolvido em impressora 3D, em parceria com o Instituto CriarCe, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Governo do Ceará. O custo projetado dos adaptadores será de menos de R$ 1 e cada kit de coleta deverá custar em média R$ 6. 

A pandemia da Covid-19 foi declarada pela OMS em 11 de março de 2020.  O edital tem como objetivo apoiar propostas voltadas para a pandemia da Covid-19 que possam trazer ações, decisões e respostas rápidas. O valor total do edital é de até R$20.000.000,00 (vinte milhões de reais) para apoiar projetos a serem executados em curto e médio prazo (até 12 meses).  O Programa Fiocruz de Fomento à Inovação, “Inova Fiocruz”, é conduzido pela presidência da Fiocruz, por meio das Vice-presidências de Produção e Inovação em Saúde (VPPIS) e de Pesquisa e Coleções Biológicas (VPPCB) com ações articuladas com a Vice-presidência de Ensino, Informação e Comunicação (VPEIC), Vice-presidência de Ambiente e Atenção e Promoção da Saúde (VPAAPS) e Vice-presidência de Gestão e Desenvolvimento Institucional (VPGDI).
 

Voltar ao topoVoltar