Início do conteúdo

HCS-Manguinhos tem nova edição


16/12/2021

Cesar Guerra Chevrand (COC/Fiocruz)

Compartilhar:

Desenho retrô de uma mãe trazendo uma caixa de leite em uma bandeja para seu marido e um casal de filhos
O consumo de leite de vaca e a sua complexa transformação em alimento industrial para grandes populações na América Latina são o tema do dossiê da nova edição da revista História, Ciências, Saúde – Manguinhos. Organizado por Sören Brinkmann (Universidad de Breslavia, Polônia) e José Buschini (Universidad Nacional de La Plata, Argentina), o especial reúne cinco trabalhos sobre a "questão do leite" em Buenos Aires, São Paulo, Bogotá e Cidade do México nas primeiras décadas do século 20. O número 4 do volume 28 (out/dez de 2021) de HCS-Manguinhos está disponível na íntegra no portal SciELO.

No estudo de caso brasileiro, Sören Brinkmann investiga como a cidade de São Paulo modernizou seu sistema de abastecimento de leite com a importação de leite pasteurizado industrialmente, a partir de 1911, e examina a ampla rejeição da população ao produto industrial. Segundo Brinkmann, até a pasteurização obrigatória, em 1939, o poder público tinha o duplo desafio de minimizar o consumo do leite cru e impulsionar o acesso ao produto industrializado.

Em sua carta de apresentação, o editor da revista, Marcos Cueto, explica como a história da alimentação conquistou especial importância entre pesquisadores latino-americanos nos últimos anos. De acordo com Cueto, os historiadores da alimentação vêm demostrando a relevância de seus estudos para a compreensão da interação da cultura popular com as crenças médicas e religiosas na vida cotidiana e até para o entendimento da relação do ser humano com animais domésticos.

Revisão historiográfica

As representações e as metamorfoses do conceito de fome entre 1932 e 1946, analisadas por meio das discussões propostas por Josué de Castro, dialogam com o dossiê na seção Revisão Historiográfica. A partir da observação do tema na literatura, na imprensa e nas discussões científicas da época, a doutoranda em História Social da Universidade de São Paulo (SP) Adriana Salay Leme discute como a fome era entendida durante este período e quais as contribuições do autor de Geografia da Fome para este debate.

Análise

As representações da ciência em quatro produções cinematográficas sobre O Incrível Hulk nas décadas de 1970 e 2000 são tema de um dos oito artigos da seção Análise. Com temas variados, os textos abordam, entre outros, a saúde veterinária no sul de Moçambique no começo do século XX; o caso de tracoma infantil em Valencia, na Espanha, em 1936-1937; a implementação dos centros de saúde no Rio Grande do Sul, entre 1929-1943; e a circulação internacional de pesquisadores brasileiros da área de história.

Testemunhos Covid-19

A nova edição de HCS-Manguinhos apresenta novas reflexões sobre a pandemia no Brasil e no mundo na seção Testemunhos Covid- 19. São temas como a adoção de modalidades de ensino remoto e a potencialização das desigualdades educacionais no Brasil, um balanço sobre o enfrentamento da pandemia de SARS-CoV-2 no Reino Unido, a situação da Covid-19 em Cuba seis meses depois do início da pandemia e a negligência ao papel das áreas humanas e sociais na política científica no Brasil.

Imagens e Resenhas

Capital, império e fotografia: evidências dos álbuns fotográficos de empresas coloniais em Angola e Moçambique durante o scramble for Africa é o título do artigo de Hugo Silveira Pereira (Universidade Nova de Lisboa/Portugal) na seção Imagens. Em Resenhas, Patricio Simonetto escreve sobre Sex, skulls, and citizens: gender and racial science in Argentina (1860-1910), de Ashley Elizabeth Kerr. Florentino Ameghino y Hermanos: empresa argentina de paleontología ilimitada, de Irina Podgorny, é o objeto da resenha de Maria Margaret Lopes.

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar