Início do conteúdo

Fiocruz lança sistema para monitoramento de casos suspeitos e confirmados de Covid-19 na instituição


14/04/2020

Glauber Tiburtino (Cogepe/Fiocruz)

Compartilhar:

Trabalhadores ativos e aposentados, estagiários, estudantes e bolsistas da Fiocruz já podem informar sua situação de saúde em relação a sintomas, suspeitas e eventuais confirmações de casos da Covid-19 em uma plataforma eletrônica institucional desenvolvida para monitoramento de casos na Fundação. O sistema de Saúde do Trabalhador Covid-19 é um formulário eletrônico desenvolvido por um grupo de trabalho liderado pela Coordenação de Saúde do Trabalhador (CST/Cogepe/Fiocruz) e por pesquisadores e desenvolvedores do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict), com participação também de pesquisadores do Instituto Oswaldo Cruz (IOC), da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp) e do Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (Elsa-Brasil). O objetivo da ação é concentrar as informações referentes a suspeita e diagnóstico da doença, com vistas a permitir o monitoramento e análise mais qualificada de dados institucionais. 

Com isso, os trabalhadores e estudantes que apresentarem sintomas de doenças respiratórias deverão se cadastrar no sistema pelo endereço: https://nustcovid19.fiocruz.br/ para informar dados pessoais e funcionais, além de seu estado de saúde. As informações cadastradas são de caráter sigiloso e poderão ser atualizadas constantemente. A partir desse preenchimento, o próprio sistema coletará os dados informados pelos usuários e lhes fornecerá uma orientação baseada nos protocolos para a doença. Além da ferramenta eletrônica, o Nust também pode continuar sendo notificado sobre afastamentos, suspeitas e confirmações de casos pelos telefones (21) 2598-4295 e (21) 3885-1662 (horário comercial), ou pelo e-mail secretaria.nust@fiocruz.br. Ao utilizar o sistema, a comunidade Fiocruz possibilitará análises mais precisas que poderão, inclusive, gerar novas medidas de proteção individual e coletiva no âmbito da instituição. 

A presidente da Fiocruz, Nísia Trindade Lima, fala sobre a importância do preenchimento dos dados para a extração de informações e acerca da plataforma eletrônica, que visa atualizar de forma contínua e dinâmica o real cenário epidemiológico da Fiocruz: "Estamos vivendo um momento dramático, com grande impacto no dia a dia dos nossos trabalhadores, que são parte fundamental para o enfrentamento dessa pandemia. Temos o desafio de cuidar e proteger nossos trabalhadores e, ao mesmo tempo, nos mantermos ativos para responder a essa emergência sanitária. O novo sistema de Saúde do Trabalhador será, nesse sentido, uma ferramenta valiosa para além de orientarmos melhor as pessoas que estão em suas casas com a suspeita ou a confirmação da Covid-19, possibilitar também a adoção de medidas adicionais em nossa instituição e garantir o compromisso da Fiocruz com o Sistema Único de Saúde  e a saúde de seus trabalhadores". 

Sobre o sistema 
A ferramenta eletrônica de monitoramento Saúde do Trabalhador – Covid-19 é um desdobramento de um sistema institucional mais amplo, o Monitora Covid-19, lançado pelo Icict no dia 30/3, com a finalidade de agrupar e cruzar dados sobre o novo coronavírus no Brasil e no mundo, possibilitando o monitoramento da pandemia e sua tendência por estados e municípios brasileiros, comparando os cenários locais com países que estão em estágios mais avançados da epidemia. As iniciativas são frutos do Observatório Covid-19, instância que tem como principal função produzir informações técnicas e científicas para fornecer suporte a formulação de políticas e tomadas de decisões da Fiocruz, bem como subsidiar estratégias de ações do Ministério da Saúde e do SUS. 
 

Voltar ao topoVoltar