Início do conteúdo

Fiocruz defende continuidade da Avaliação Quadrienal 2021


01/10/2021

Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)

Compartilhar:

A Fiocruz, instituição de ciência e tecnologia em saúde criada há 121 anos, responsável por mais de 40 programas de mestrado e doutorado em diferentes áreas de conhecimento, ofertados em todas as regiões do país, vem a público manifestar-se pela continuidade do processo de Avaliação Quadrienal 2021. O referido processo, sob coordenação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), vinha ocorrendo com a participação de coordenadores e docentes de várias áreas de conhecimento. 

A comunidade acadêmica da Fundação reconhece a relevância da avaliação dos programas para o fortalecimento da pós-graduação brasileira e endossa a necessidade de respeito às pactuações nas instâncias colegiadas, em consonância com posicionamentos de outras organizações de ciência e tecnologia, tais como Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), a Academia Brasileira de Ciências (ABC) e o Fórum Nacional de Pró-reitores de Pesquisa e Pós-graduação das Instituições de Ensino Superior Brasileiras (Foprop). 

A liminar da Justiça à ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal, ao suspender a avaliação dos programas de pós-graduação em andamento, ameaça o Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG) e coloca em risco um modelo robusto de avaliação, reconhecido nacional e internacionalmente, que vem sendo aperfeiçoado de forma gradual e pactuada pela comunidade acadêmica.

A Fundação considera que a retomada imediata do processo de avaliação Quadrienal 2021 é fundamental para a sustentabilidade, a credibilidade e o fortalecimento da pós-graduação do país, duramente conquistados ao longo de décadas.

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar