Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Fiocruz cria grupo para acompanhar o Plano de Desenvolvimento Institucional da Educação


01/02/2021

Por: Isabela Schincariol (Campus Virtual Fiocruz)

Compartilhar:

Plano de desenvolvimento institucional da educação da Fiocruz
No dia 27 de janeiro, a Coordenadora-Geral de Educação, Cristina Guilam, anunciou na Câmara Técnica de Educação a criação do grupo de acompanhamento do Plano de Desenvolvimento Institucional da Educação da Fiocruz (PDIE). Seu objetivo é apoiar a implementação das iniciativas estratégicas propostas no documento, aprovado em dezembro de 2020. O plano é um documento de análise situacional e de orientação das atividades para as áreas educacionais da Fundação. Ele busca o debate e o aprimoramento contínuos do processo de construção democrática das políticas institucionais, expresso em suas instâncias colegiadas e participativas.

Cabe à Coordenação-Geral de Educação, ligada à Vice-presidência de Educação, Informação e Comunicação (CGE-Vpeic/Fiocruz), a responsabilidade de coordenar a implementação do PDIE por todas as áreas educacionais da Fundação. Para tanto, foi proposta a constituição do Grupo de Apoio ao Desenvolvimento Institucional da Educação (Gadie), composto de servidores de diversas unidades, que atuarão para garantir o sucesso do engajamento de toda a instituição nas grandes linhas de atuação definidas pelo PDIE.

Os primeiros convidados a compor o novo coletivo foram aqueles que atuaram, ao longo de 2020, na elaboração do PDIE 2021-2025, num trabalho conjunto muito efetivo que teve como ponto alto a aprovação do documento pelo Conselho Deliberativo, em 10 de dezembro de 2020. O GT-PDIE, coordenado pela CGE, agora é a base inicial para a constituição desse grupo de acompanhamento, que poderá também receber novos participantes, à medida que o trabalho for se desenvolvendo. Assim será aproveitado o acúmulo de conhecimentos adquirido durante o processo de construção do PDIE. 

A ideia é que o Grupo de Acompanhamento contribua com a CGE no trabalho de orientar, acompanhar e dar suporte às unidades e escritórios da Fiocruz na implementação das iniciativas estratégicas definidas no Plano. “Será um grande esforço de toda a Fundação para avançar na integração do planejamento educacional, de modo coordenado, respeitando as especificidades e necessidades de cada unidade ou escritório”, detalhou Paulo Carvalho, assessor da CGE, que coordenou a elaboração do PDIE. 

A coordenadora-geral de Educação da Fiocruz, Cristina Guilam, enfatizou que o Gadie terá importante papel de apoio à CGE no complexo trabalho de articular e dinamizar o planejamento estratégico educacional a ser desenvolvido de modo integrado por todas as áreas educacionais da Fundação, tendo o Plano como documento orientador. “Nesse processo de planejamento contínuo, o PDIE será mais bem apropriado coletivamente, podendo ser futuramente aperfeiçoado, nessa rica teia de construção democrática das políticas institucionais que caracteriza nossa instituição”, detalhou Cristina.

O PDIE 2021-2025

A Fiocruz oferece atualmente 48 programas de pós-graduação stricto sensu isoladamente ou em parceria, 45 cursos de especialização anuais, 31 programas de residência, além de inúmeros cursos de qualificação, educação profissional técnica e especialização técnica. Portanto, o PDIE surgiu da necessidade de compreender e acompanhar essa natureza tão diversa e complexa. 
Ele é um instrumento de gestão essencial para a avaliação externa, autoavaliação institucional e planejamento dos programas de pós-graduação stricto sensu para o atendimento às orientações da Capes, de 2019; busca contribuir para avançar os consensos sobre a política de educação da instituição; e expressa o movimento de ampliação dos debates e participação na definição de prioridades e estratégias educacionais. 

O PDIE 2021-2025, em comparação à versão anterior do documento (PDI 2016-2020), se diferencia por amplificar a abordagem para as diversas modalidades e níveis educacionais da Fiocruz, ressaltar a sua interface com outras políticas institucionais e também por expressar, de forma inicial, aprendizados obtidos em razão da pandemia, que impôs novos desafios ao campo da Educação.

Além disso, o Plano visa atender as orientações do VIII Congresso Interno por maior integração da educação, englobando a visibilidade à diversidade do campo (stricto sensu, especializações, residências, educação técnica profissional, cursos de qualificação e outros) e o fortalecimento do processo de integração com base na “unidade na diversidade”.

O Plano de Desenvolvimento Institucional da Educação foi concebido em seis capítulos, que abordam o perfil institucional da Fundação; as políticas institucionais e de gestão; o Projeto Pedagógico Institucional (PPI) da Fiocruz; suas políticas acadêmicas; a infraestrutura física dos campi da Fundação; e a avaliação e acompanhamento do desenvolvimento institucional. 

Leia, na íntegra, o Plano de Desenvolvimento Institucional da Educação (PDIE).

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar