Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

02/12/2019

CAPES aprova doutorado profissional em saúde da família da RENASF


A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), fundação do Ministério da Educação (MEC) aprovou, na última sexta-feira (29/11), o doutorado profissional em saúde da família da RENASF, da Rede Nordeste de Formação em Saúde da Família, capitaneada pela Fiocruz Ceará.

Aprovado com conceito 4, em uma escala de 1 a 5, o doutorado é o único, em rede, aprovado em saúde no país.  O curso busca formar pesquisadores, em nível de doutorado, com competência técnica-científica, crítica e reflexiva para atuar na pesquisa, docência e gestão no âmbito da Atenção Primária em Saúde.

Serão 30 vagas distribuídas entre as nucleadoras da rede: Universidade Federal do Ceará (UFC) - 6; Fundação Oswaldo Cruz Ceará (Fiocruz CE) - 6; Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) - 6; Universidade Federal da Paraíba (UFPB) - 4; Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) em Sobral - 3; Universidade Federal do Maranhão (UFMA) – 2; Universidade Estadual do Ceará (UECE) – 2; e Universidade Regional do Cariri (URCA) - 1.

“Estamos muito felizes com esta aprovação e com a possibilidade de continuar trabalhando na qualificação dos profissionais do SUS. Vamos entrar agora na etapa de buscar recursos e financiamentos para que o edital possa ser lançado ainda no primeiro semestre de 2020.  A seleção deverá ocorrer no segundo semestre e a aula inaugural em dezembro do ano que vem”, explica, a coordenadora do Programa de Pós-Graduação da RENASF, Anya Vieira Meyer.

A proposta de doutorado ancora-se na experiência acumulada em rede das instituições partícipes, com interações entre centros de pesquisa atuantes em Saúde da Família, consolidação de grupos de pesquisa, produção de conhecimento, avanços na interação ensino-serviço da região Nordeste, cujo impacto esperado é a geração de novos processos e condutas que resultem em melhoria na atenção e promoção de saúde, e no reconhecimento e consolidação do conhecimento originado nessas práticas como área de pesquisa em Saúde da Família.

O programa adota a concepção de currículo como construção social e está subsidiado nos referenciais da educação por competências, que significa a capacidade de articular, mobilizar e colocar em prática valores, conhecimentos e habilidades necessários ao desempenho eficaz de atividades requeridas pela natureza do trabalho na Estratégia Saúde da Família, além de rigor científico e criticismo no desenvolvimento de novos conhecimentos.

Entre os diferenciais do curso, a disciplina obrigatória Liderança em Pesquisa na Atenção Primária em Saúde; a utilização de metodologias ativas para o processo ensino-aprendizagem; e a utilização de uma Comissão de Acompanhamento do doutorando. Esta última é formada por três docentes que irão acompanhar a trajetória de aprendizagem de cada doutorando, discutindo o caminho percorrido, fazendo análises críticas e realizando encaminhamentos e ajustes necessários.

 

Sobre a RENASF

A Rede Nordeste de Formação em Saúde da Família (RENASF), criada em 2009, atualmente conta com 27 instituições partícipes (instituições de ensino, serviço e pesquisa do norte e nordeste brasileiro), cujo o público alvo são os trabalhadores da saúde inseridos no SUS. Tem como finalidade colaborar no fortalecimento das relações entre formação, atenção, pesquisa e gestão em saúde e criar instâncias colegiadas para o diálogo e pactuação interinstitucional. 

Organiza-se sob a forma de um colegiado gestor, eleito pelos pares e um colegiado geral (com representantes de todas as instituições partícipes) e de uma secretaria executiva (exercida pela Fiocruz CE). Reúne-se periodicamente para fins de planejamento e avaliação de ações. Entre as atividades desenvolvidas pela rede temos o mestrado profissional em saúde da família (MPSF-RENASF) que já formou mais de 334 mestres no nordeste brasileiro, e atualmente está realizando processo seletivo para sua 4ª turma, com 170 vagas.

 

 

 

Voltar ao topoVoltar