Fiocruz

Fundação Oswaldo Cruz uma instituição a serviço da vida

  • Diminuir tamanho do texto
  • Tamanho original do texto
  • Aumentar tamanho do texto
  • Ativar auto contraste
Selecione uma tarefa

Início do conteúdo

29/06/2006

Livro traça panorama da medicina e da farmácia


Livro traça panorama da medicina e da farmácia

Um panorama da medicina e da farmácia desde o Brasil Colônia até os dias de hoje. É o que traça o livro Boticas & pharmacias, do historiador Flavio Coelho Edler, ao fazer uma incursão pela História que recupera não só o papel do profissional de cura na sociedade brasileira como também as doenças e seus respectivos tratamentos através dos tempos. A edição - ricamente ilustrada com pinturas de artistas como Debret e Rugendas e imagens de objetos, desenhos, documentos e artefatos da farmacologia nacional - conta a trajetória da farmácia no Brasil em três momentos: Colônia, Império e República. No período colonial, a figura do boticário estava atrelada a conceitos europeus que se confrontaram com as práticas de cura indígena e africana. Durante o Primeiro e o Segundo Reinados, a origem e as transformações da farmácia consolidaram a figura do farmacêutico, conferindo-lhe importância política. Na República, a revolução terapêutica desenvolveu medicamentos capazes de aliviar sintomas, curar doenças, entre outros benefícios à saúde.

 

Voltar ao topoVoltar