Início do conteúdo

Modernizar a Ordem em Nome da Saúde: a São Paulo de militares, pobres e escravos (1805-1840)

Autor: Rafael Mantovani

Apoiado em vasta bibliografia, bem como em atas e registros da câmara e textos da imprensa, o autor estuda o papel do higienismo sobre a saúde pública em São Paulo, no início do século 19. Analisa o crescimento da cidade em decorrência do café e da imigração, além de abordar o problema dos miasmas e o que era chamado de epidemia de varíola e lepra, doenças bastante comuns à época, junto com a sífilis. Discute a influência do pensamento político organizando a saúde da população em um momento “em que a limpeza deixou de ser unicamente um elemento que denotava nobreza para assumir uma característica utilitária de preservação da saúde”. Mantovani expõe as ideias de autores ingleses, alemães, franceses e portugueses que influenciavam não apenas as concepções locais sobre saúde, mas também medidas político-administrativas adotadas pelos governos. Ele reflete sobre as relações entre autoridades públicas e os grupos populacionais – miseráveis, prostitutas, escravos – apontados como “culpados” pelo ambiente insalubre da cidade e pelas doenças que acometiam os paulistanos. Uma câmara municipal militarizada era responsável pela saúde pública, coagindo e castigando aqueles que ameaçavam o bem-estar do restante da população. “Curar era (e é) intervenção social, política e econômica”, diz o autor. 

Preço: R$ 49,00 | 280 páginas

Comprar este livro na Livraria Virtual

ISBN: 978-85-7541-494-1. 2017.

Sumário:

Prefácio
Apresentação
Introdução
1. Medicina, Saúde Pública e Administração Política da População
2. Formas de Fazer São Paulo “Funcionar” no Início do Século XIX
3. Novos Atores, Novas Ideias, Velhas Práticas
Considerações Finais
Posfácio
Notas
Fontes e Referências

Sobre o autor:

Rafael Mantovani é doutor em sociologia pela USP e mestre em ciências sociais pela PUC-SP, com concentração na área de antropologia, tendo sido convidado como pesquisador do Instituto Gino Germani, programa de pós-graduação da Universidade de Buenos Aires. Desenvolveu pesquisas sobre elites do século 19, formação de Estados-nação (Brasil e Argentina), literatura e pintura. Estudou como visiting scholar no Departamento de História da Ciência de Harvard e, atualmente, pesquisa sobre história da medicina e da saúde pública como pós-doutorando da Faculdade de Saúde Pública da USP.

Conheça a Livraria Virtual da Editora Fiocruz

Conheça outros livros da Editora sobre:
Ciências Sociais e Saúde
História, Medicina e Saúde

Conheça outros livros da mesma coleção:
História e Saúde

No Portal Fiocruz

Mais Notícias

Voltar ao topoVoltar

Marcha em Defesa do SUS, da Catedral de Brasília até o Congresso Nacional. Manifestações populares e cartazes em prol do Sistema Único de Saúde. Este mosaico traz imagens de atividades espontâneas da 15ª Conferência Nacional de Saúde (15ª CNS), assim como da programação oficial, em diálogos temáticos, grupos de trabalho e plenárias. Confira alguns momentos da 15ª CNS, realizada de 1º a 4 de dezembro, em Brasília (DF), com o tema "Saúde pública de qualidade para cuidar bem das pessoas: direito do povo brasileiro".


Clique para ampliar
  • Parte do público, em evento da 15ª CNS
  • Parte de faixa na 15ª CNS
  • Mesa de diálogo temático, na 15ª CNS
  • Auditório em mesa da 15ª Conferência Nacional de Saúde,  com cartaz escrito "Ocupação educadora"
  • Pequena índia, em close da exposição da Fiocruz, na 15ª CNS: Pelos caminhos do SUS
  • Imagem de cartaz, escrito Movimento Popular da Saúde
  • Parte da imagem da exposição sobre o SUS, escrito Caminhos
  • Fotografia dos delegados da 15ª CNS em sala de diálogo temático
  • Detalhe de banner na tenda Paulo Freire, na 15ª CNS
  • Cruz no gramado à entrada da 15ª CNS
  • Parte de cartaz, escrito "visão holística"
  • Close do rosto da presidente, em discurso na 15ª CNS
  • Parte de cartaz, escrito SUS
  • Trecho de poética para Marcha das Margaridas, sobre mulheres do campo
  • Mosaico de palavras como saúde, participação social e universal
  • Imagem de materiais diferentes, incluindo garrafa e guarda-chuva colorido
  • Ministro da Saúde em mesa da 15ª CNS
  • Faixa com dizeres Marcha da Saúde em Defesa do SUS
  • Parte do cartaz, escrito educaçao popular em saúde
  • Foto da delegação do Amapá na 15ª CNS
  • Apresentação de música na 15ª Conferência Nacional de Saúde
  • Vista superior do auditório na Conferência Nacional de Saúde
  • Pessoa segurando cartaz, aparecendo escrito "em defesa do SUS"
  • SUS 100% público