Início do conteúdo

'O rapaz da rabeca e a moça Rebeca', que aborda o HIV/Aids, reestreia em Manguinhos


28/03/2016

Fonte: Museu da Vida/Fiocruz

Compartilhar:

A peça O rapaz da rabeca e a moça Rebeca vai estrear nova temporada a partir do dia 6/4, no campus da Fiocruz, em Manguinhos. Inspirada na história O rapaz da rabeca e a moça da camisinha, do cordelista cearense José Mapurunga, o espetáculo conta a história de João e Rebeca, jovens de famílias rivais que se apaixonam, tal qual Romeu e Julieta. Expulso da distante Cantiguba-dos-Aflitos, João sai pelo mundo com sua rabeca e se torna um artista famoso. Ele promete voltar à sua terra e se casar com Rebeca, mas uma notícia inesperada vai mudar os rumos da história de amor desses dois.

"Desde a primeira leitura que fiz do cordel O rapaz da rabeca e a moça da camisinha, antes mesmo de conhecer os detalhes do projeto, não foi difícil imaginar esta história no palco. Algo naturalmente me levou para a sua essência de obra de arte popular, mambembe, gratuita, acessível, de feira e praça pública", destaca a diretora Letícia Guimarães, que também faz o papel de Rebeca na peça.

Pablo Aguilar, assistente de direção e ator que também está contracenando, aprecia a linguagem do cordel por ser uma "linguagem popular, divertida, alegre e que, por isso, é um ótimo veículo para tratar de temas mais fortes ou que são considerados tabus". Após a apresentação, os atores aproveitam para debater com os visitantes os temas abordados na peça, como sexo e Aids.

A peça foi planejada em parceria com o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz) e tem como objetivo dialogar com o público jovem sobre a importância da prevenção contra as doenças sexualmente transmissíveis e o hábito de fazer o teste do vírus da Aids. Segundo pesquisa divulgada em 2014 do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids, os casos de transmissão do vírus e o número de casos da doença continuam aumentando no Brasil.

Apesar de toda informação disponível, a Aids é, muitas vezes, um tabu nas escolas e nas famílias. Além de uma equipe artística profissional, o espetáculo conta com a consultoria técnica de Nilo Martinez Fernandes, pesquisador e coordenador da Área de Aconselhamento e Educação Comunitária do Laboratório de Pesquisa Clínica em DST e Aids da Fiocruz.

O rapaz da rabeca e a moça Rebeca
Início da temporada: 6/4/2016
De terça a quinta, às 10h30 e 13h30
Faixa etária: jovens a partir de 14 anos
Endereço: Tenda da Ciência, no campus Fiocruz, localizada na av. Brasil, nº 4.365, Manguinhos

Confira também, abaixo, a programação dos Sábados de teatro no museu, com a peça O rapaz da rabeca e a moça Rebeca e a esquete Conferência Sinistra:

Abril
02 de abril - Conferência Sinistra, às 11h (poderá haver mais três sessões até as 13h)
09 de abril - O Rapaz da Rabeca e a Moça Rebeca, sessão única, às 11h

Maio
07 de maio - O Rapaz da Rabeca e a Moça Rebeca, sessão única, às 11h
14 de maio - Conferência Sinistra, às 11h (poderá haver mais três sessões até as 13h30)

Junho
04 de junho - O Rapaz da Rabeca e a Moça Rebeca, sessão única, às 11h
11 de junho - Conferência Sinistra, às 11h (poderá haver mais três sessões até as 13h30)

Julho
02 de julho - Conferência Sinistra, às 11h (poderá haver mais três sessões até as 13h30)

Ficha Técnica
Texto: José Mapurunga
Direção: Leticia Guimarães
Assistente de direção: Pablo Aguilar
Elenco: Pablo Aguilar, Roberto Rodrigues, Luiz Paulo Barreto e Leticia
Guimarães
Figurino: Carla Ferraz
Cenário: Núbia Leite
Direção musical: Lúcio Zandonadi
Preparação corporal: Roberto Rodrigues
Consultoria técnica: Nilo Martinez Fernandes (INI-Fiocruz)
Produção: Geraldo Casadei
Assistente de produção: Milena Monteiro
Iluminação - Armando Feitosa
Operação de som - Ronaldo Barboza

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar