Fiocruz

Fundação Oswaldo Cruz uma instituição a serviço da vida

  • Diminuir tamanho do texto
  • Tamanho original do texto
  • Aumentar tamanho do texto
  • Ativar auto contraste
Selecione uma tarefa

Início do conteúdo

11/09/2006

Unidiversidade debate publicações científicas no Brasil


Programa Unidiversidade debate publicações científicas no Brasil

O programa Unidiversidade, iniciativa do Canal Saúde, debate a situação das publicações científicas no Brasil com destaque para o trabalho da Editora Fiocruz, da Fundação Oswaldo Cruz, no dia 13 de setembro, às 12h11min, com reprise no dia seguinte, a partir das 13h.  A veiculação é pelo canal executivo da Embratel - Polarização horizontal - 3.930 Ghz ou 1.220 Mhz e também no sítio do Canal Saúde.

O apresentador Renato Farias aproveitou o Espaço Saúde & Letras, do 8º Congresso Brasileiro de Saúde Coletiva (Abrascão), realizado no mês de agosto, para refletir sobre o tema com o economista George Eduardo Kornis; o professor de economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Fábio Sá Earp; o editor da Revista Brasileira de Epidemiologia da Abrasco, José da Rocha Carvalheiro; o editor executivo da Editora Fiocruz, João Carlos Canossa Mendes; a pesquisadora da Casa de Oswaldo Cruz-Fiocruz, Nísia Trindade Lima; o diretor da Bireme/Opas/OMS, Abel Packer; e o coordenador da editora da OMS, Hooman Momen. 

O programa Canal Saúde faz parte de um projeto, de mesmo nome, formado por oito programas de produção própria e cinco captados através de parcerias, todos voltados para assuntos relacionados às políticas públicas em saúde, ciência & tecnologia, comportamento, serviço, meio ambiente, qualidade de vida e atualização profissional. Conheça o projeto no sítio do Canal Saúde . Assista aos programas na polarização horizontal – freqüência 3.930 Ghz ou 1.220 Mhz (Embratel). Caso você tenha dificuldades em sintonizar o Canal Saúde ou queira obter outras informações sobre a programação, ligue para o Serviço de Atendimento ao Telespectador (SAT) – 0800-7018122.

Voltar ao topoVoltar