Início do conteúdo

08/01/2018

Fiocruz divulga carta de apoio aos hospitais universitários do Rio de Janeiro


Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz)

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) manifesta seu apoio às Comissões de Residência Médica do Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e solicita à Comissão de Nacional de Residência Médica / Ministério da Educação, a revisão da decisão que colocou todas as suas residências em diligência e, no caso da Uerj, impossibilita o processo seletivo de 2018. Tal decisão poderá comprometer de forma significativa a formação de quadros médicos de excelência em futuro breve.

O Hospital Universitário Pedro Ernesto e o Hospital Universitário Clementino Fraga Filho desempenham papel fundamental na formação de médicos para o estado do Rio de Janeiro e para o Brasil, constituindo-se em centros de referência em diversas especialidades, reconhecidos nacionalmente e internacional pela comunidade acadêmica e pelos principais centros de pesquisa clínica do país. 

Além do caráter formativo, as atividades de Residência Médica em hospital público possibilitam atividades de pesquisa e inovação e a oferta de atendimento especializado e de alto nível a toda sociedade, particularmente aos setores mais carentes da população que, de outra forma, não teriam acesso a um atendimento integrado e a tecnologias de ponta.

Mesmo atravessando um grave período de crise financeira, os hospitais procuraram soluções para a manutenção de Residências Médicas de excelente padrão e voltadas para as necessidades de saúde da população. 

A preservação da Residência Médica do HUPE e do HUCFF se inscreve na luta pelo fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) e da saúde pública, universal e gratuita. 

Voltar ao topoVoltar