Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Curso internacional sobre Espectroscopia no IOC recebe inscrições até 7/12


16/11/2017

Por: Vinícius Ferreira (IOC/Fiocruz)

Compartilhar:

Imagine utilizar a radiação eletromagnética para classificar espécies crípticas, quantificar o volume de sangue ingerido por um mosquito em estudos de laboratório ou identificar e mensurar o número de fragmentos de insetos em produtos alimentícios de exportação, ou, ainda, a exposição deles a inseticidas? Estes achados podem ser facilitados com o emprego das técnicas em Espectroscopia vibracional, técnicas que utilizam a radiação eletromagnética para obter dados sobre a estrutura e as propriedades de uma amostra. Dentre as diferentes possibilidades do campo, estão a Espectroscopia no Infravermelho com Transformada de Fourier (FTIR), Espectroscopia Raman (espalhamento Raman) e Espectroscopia de Espalhamento de Nêutrons.

Apesar da crescente publicação literária científica sobre o tema que evidencia a viabilidade das técnicas de espectroscopia como potenciais métodos para a caracterização bioquímica de material biológico, com o desenvolvimento de diversas aplicações em biologia e medicina, o Brasil ainda carece de especialistas na área. Com o objetivo de difundir o conhecimento, divulgar os grupos de estudo, além de ampliar as linhas de pesquisa em vetores, hospedeiros e ecologia parasitária, utilizando a metodologia e instrumentação da espectroscopia vibracional para diagnóstico e estudos epidemiológicos em doenças infecto-parasitárias, o Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) promove o Curso Internacional de Espectroscopia de Infravermelho e de Raman aplicadas à Biologia. A atividade, oferecida pelo Programa de Pós-graduação Stricto sensu em Biologia Parasitária do IOC, acontece de 11 a 15 de dezembro, no campus da Fiocruz, em Manguinhos (Av. Brasil, 4.365 – RJ).

A capacitação contará com a presença de renomados especialistas internacionais, como William Foley, da Universidade Nacional da Austrália, e Jayme Rodriguez, do Museu Nacional de História Natural da Coleção Boliviana de Fauna, de La Paz, na Bolívia. Também integram a iniciativa os pesquisadores brasileiros Célio Pasquini, presidente da Sociedade Brasileira de Espectroscopia Vibracional, professor da Unicamp e coordenador do Instituto Nacional de Ciências e Tecnologias Analíticas Avançadas (INCTAA); Mariana Ramos de Almeida, professora do Departamento de Química da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e especialista em espectroscopia Raman; Marcia Miguel Castro Ferreira, professora do Instituto de Química da Unicamp e autora do livro Quimiometria: conceitos, métodos e aplicações; e André Marcelo de Souza, especialista em química analítica da Embrapa. O curso é coordenado por Claudia Portes Santos Silva e Clélia Christina Mello-Silva, do Laboratório de Avaliação e Promoção da Saúde Ambiental do IOC.

O curso é destinado a alunos de pós-graduação com conhecimentos de inglês, matriculados em qualquer curso de pós-graduação em áreas afins do curso, e pós-doutorandos. Serão oferecidas até 25 vagas. As inscrições serão efetuadas somente até 07 de dezembro por meio do e-mail espectroscopia.fiocruz@gmail.com, com as seguintes informações: nome; programa de pós; instituição; motivações para a candidatura ao curso internacional e declaração que poderá acompanhar as aulas e apresentar seminários em inglês. As aulas serão ministradas em português, inglês e espanhol. Não há previsão de custeio de deslocamento e hospedagem para candidatos de fora da cidade do Rio de Janeiro.

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar