Início do conteúdo

Reunião do GT Mulheres e Meninas na Ciência da Fiocruz marca nova fase de ações


05/10/2021

Simone Kabarite e João Boueri

Compartilhar:

Em reunião virtual realizada na manhã do dia 30 de setembro, o Grupo de Trabalho (GT) Mulheres e Meninas na Ciência determinou um planejamento para a estruturação das suas próximas ações. Sete integrantes do GT - Cristina Araripe - Vice-Presidência de Educação, Informação e Comunicação (VPEIC); Zélia Profeta - Instituto René Rachou (Fiocruz Minas); Corina Mendes - Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF); Cristiane Nogueira Braga - Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV); Luciana Lindemeyer - Fiocruz Ceará; Patrícia Constantino - Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (ENSP) e Rosicler Neves - Casa de Oswaldo Cruz (COC) – ficaram responsáveis em elaborar uma proposta de trabalho a ser discutida e aprovada no próximo encontro em outubro.

O planejamento terá o intuito de nortear as frentes e os eixos de atuação do Grupo de Trabalho para o fortalecimento das ações, que culminarão no evento Mulheres e Meninas na Ciência 2022.

Ao ser eleita a primeira presidente mulher da Fiocruz, Nísia Trindade Lima afirmou o compromisso institucional com a igualdade de gênero. Em 2019, o Dia Internacional de Mulheres e Meninas na Ciência (11/02) passou a integrar o calendário de eventos da Fiocruz. No mesmo ano foi criado o Grupo de Trabalho Mulheres e Meninas na Ciência (Portaria número 5506/2019-PR), com o objetivo de propor e coordenar ações de incentivo à participação delas na instituição.

Em 2021, o Grupo de Trabalho Mulheres e Meninas na Ciência, em virtude da ampliação dos projetos da Fundação Oswaldo Cruz ligados à temática, foi incorporado ao Fórum de Divulgação Científica, coordenado por Cristina Araripe e vinculado à Vpeic.

Volver arribaVolver