Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Existem estudos sobre o vírus zika? Já existe vacina?

6075
6075
Imagem de topo da página, escrito 'vírus zika: perguntas e respostas', com pequenos desenhos de partes do corpo

Existem estudos sobre o vírus zika? Já existe vacina?

27/12/2019
Compartilhar:

Ainda não existe vacina para o vírus zika, contudo vários institutos de pesquisa vêm trabalhando neste sentido. Até 2015, havia poucos estudos na literatura científica nacional sobre o vírus especificamente. Um levantamento realizado naquele ano pelo médico Rivaldo Venâncio, da Fiocruz Mato Grosso do Sul, mostrou que, desde 1947, apenas 213 artigos tinham sido publicados no Portal de Periódicos da Capes, o que evidenciou uma urgência em investimentos na produção de conhecimento científico sobre a doença. 

 

Este cenário vem mudando desde a epidemia de 2015/2016 e muitas pesquisas estão sendo desenvolvidas, inclusive estudos voltados para a produção de vacina que possa prevenir a doença. Em 2017, estudos em fase pré-clínica no Instituto Evandro Chagas apresentaram resultado positivo nos testes em camundongos e macacos. A aplicação de uma única dose preveniu a transmissão da doença nos animais e, durante a gestação, o contágio de seus filhotes. Em 2018, uma pesquisa conduzida pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e pela Fiocruz concluiu que a vacina contra febre amarela protegeu camundongos da infecção do Zika em laboratório, reduzindo a carga do vírus no cérebro, prevenindo deficiências neurológicas. Também em 2018, pesquisadores do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), da Universidade George Washington (EUA) e da Fiocruz Minas iniciaram um grande estudo clínico de fase 2/2b de uma vacina experimental contra a infecção pelo vírus zika, em Belo Horizonte. Chamada de “vacina de DNA contra zika”, a substância experimental já foi testada em seres humanos nos EUA, e o estudo clínico foi aprovado pelos comitês de ética e agências regulatórias nacionais e internacionais. No momento, a pesquisa está sendo avaliada numa população expandida com a finalidade de estudar novos dados sobre a sua eficácia e segurança. 
 

Fonte: Rivaldo Venâncio, infectologista da Fiocruz Mato Grosso do Sul; Agência Fiocruz de Notícias

 

18/01/2016 - Ainda não existe vacina para o vírus zika, sendo necessárias muitas pesquisas, nos próximos anos, para desenvolvimento da mesma. Levantamentos em bases de dados apontam poucos estudos na literatura científica sobre o vírus zika especificamente. Em dezembro de 2015, o médico Rivaldo Venâncio mapeou apenas 213 artigos sobre o tema publicados no Portal de Periódicos da Capes, desde 1947, evidenciando a urgência em investir na produção de conhecimento científico sobre a doença.

 

Fonte: Rivaldo Venâncio, infectologista e diretor da Fiocruz Mato Grosso do Sul

 

Perguntas relacionadas

Imagem de topo da página, escrito 'vírus zika: perguntas e respostas', com pequenos desenhos de partes do corpo
Imagem Artigos científicos Zotero
Acesse no Zotero referências bibliográficas

Back to the topBack