Caso não esteja visualizando corretamente este e-mail, clique aqui
Boletim Fiocruz Internacional

Boletim bimensal do Centro de Relações Internacionais em Saúde da Fiocruz (Cris/Fiocruz)

Janeiro / 2020
Com a inauguração da nova Estação Antártica Comandante Ferraz, a Fiocruz passou a contar com um laboratório permanente no continente. O Fiolab é um laboratório de biossegurança preparado para responder às necessidades de vigilância epidemiológica e sanitária do país, e dar suporte às pesquisas em saúde e ambiente na Antártica. A Fundação iniciou suas pesquisas no continente no ano passado e preparou um especial sobre o tema.
Por tratar-se de um vírus notificado pela primeira vez em humanos em 31 de dezembro de 2019 em Wuhan, na China, o conhecimento científico sobre o novo coronavírus ainda é limitado. Pesquisadores de todo o mundo estão construindo esse conhecimento diariamente. O Brasil ainda não possui nenhum caso confirmado. Para monitorar e acompanhar a situação do vírus no Brasil, a Fiocruz criou uma Sala de Situação em Saúde, além de ter sido convidada a integrar o Centro de Operações de Emergências (COE) do Ministério da Saúde.
O lançamento do hub da Fiocruz na plataforma The Global Health Network (TGHN) aconteceu durante o Seminário Internacional do Programa Institucional de Internacionalização (PrInt). O hub é fruto de uma parceria firmada com a Universidade de Oxford, responsável pela rede, e tem como proposta unir pesquisadores, ampliar a colaboração nas pesquisas e promover o e-learning e o compartilhamento de conhecimento na área da saúde. O primeiro curso que estará disponível na plataforma será o de febre amarela.
Cofundador e coordenador adjunto do Centro de Relações Internacionais em Saúde, Ferreira faleceu no dia 25 de dezembro. Em sua carreira, foi reconhecido pela Organização Pan-Americana da Saúde como herói da Saúde Pública das Américas, por sua inestimável contribuição para o campo.
Considerada uma doença rara e de alta letalidade, a febre hemorrágica ressurgiu no Brasil após 20 anos sem registro de novos casos. O Ministério da Saúde confirmou, no dia 20 de janeiro, um caso de febre hemorrágica brasileira.
Pesquisadores do World Mosquito Program (WMP) apresentaram novas evidências de redução de cerca de 75% dos casos de arboviroses em áreas onde foi feita a liberação de Aedes aegypti com Wolbachia no Brasil, Indonésia, Vietnã e Austrália.
Pesquisadores da Fiocruz coordenaram um projeto que possibilitará a ampliação do uso de próteses para a reconstrução de defeitos extensos da calota craniana. A técnica tradicional custa cerca de R$ 200 mil por paciente. O novo procedimento tem um custo oportunidade de 10 mil reais.
O mais recente surto do novo coronavírus em Wuhan, China, e o surto de zika, no Brasil, em 2015, ilustram como de repente surgem novas ameaças e o importante papel que a pesquisa tem que desempenhar na compreensão da natureza da ameaça e em como responder de maneira eficaz e eticamente responsável.
O III Colóquio Latino-americano de Formação em Saúde Pública ocorreu em dezembro na ENSP/Fiocruz e contou com representantes de dez países da América Latina, além do Brasil. O evento também marcou a formalização da criação da Rede de Escolas e Centros Formadores em Saúde Pública da América Latina (RESP-AL).
Com temáticas que vão de insetos à vida em aldeias yanomamis, de divulgação científica a arquitetura, passando por helmintos, doença de Chagas e malária, uma variedade de arquivos de personalidades da saúde pública brasileira está agora disponível para consulta online na Base Arch.
O Departamento de Política de Medicamentos e Assistência Farmacêutica (NAF) da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz). Concedida pela sexta vez consecutiva, a redesignação é válida pelo período de quatro anos.
O Programa de Pós-Graduação em Vigilância Sanitária (PPGVS) do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS/ Fiocruz) está com edital aberto, em fluxo contínuo, para seleção de candidatos estrangeiros para os cursos de mestrado e doutorado.

Boletim Fiocruz International
Informativo bimensal do Centro de Relações Internacionais em Saúde da Fiocruz (Cris/Fiocruz), editado pela Coordenadoria de Comunicação Social da Fiocruz

Expediente Fiocruz Internacional | cancelar inscrição