Fiocruz

Fundação Oswaldo Cruz uma instituição a serviço da vida

  • Diminuir tamanho do texto
  • Tamanho original do texto
  • Aumentar tamanho do texto
  • Ativar auto contraste
Selecione uma tarefa

Início do conteúdo

Diálogos PenseSUS

As questões que permeiam os direitos humanos e as políticas de saúde em sua articulação com a comunicação e informação serão pauta do I Diálogo PenseSUS - Democracia, comunicação, informação e direito à saúde: mobilização para a 15ª Conferência Nacional de Saúde. O evento acontecerá nos dias 29 e 30 e setembro de 2015, na Biblioteca de Manguinhos, na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro.

Ao reconhecer o direito à comunicação e à informação como fundamental para o direito à saúde e à participação social, o primeiro evento da série Diálogos PenseSUS busca instigar reflexões e contribuir para a consolidação do Sistema Único de Saúde (SUS).

Como atividade preparatória da Fiocruz para a 15ª Conferência Nacional de Saúde, o I Diálogo PenseSUS visa também enriquecer os debates no campo da comunicação, informação e saúde que vão acontecer na conferência. A série de Diálogos integra as ações do site PenseSUS - A Reflexão fortalece essa conquista, lançado em 2014 por conta dos 25 anos do SUS.

Linha do Tempo: Conferências Nacionais de Saúde

Série Reflexões

Vídeos com entrevistas

Moção: direito à comunicação e informação
Arte com dizeres "Direito à comunicação e informação para consolidar a democracia e o direito à saúde"

Aprovada moção na 15ª CNS, proposta por delegados da Fiocruz, Rede Lai Lai Apejo e do Fórum Nacional pela Democratização da comunicação

Vídeos
Arte do evento Diálogo PenseSUS com símbolo de vídeo

Assista aos debates

Carta

Documento Direito à Comunicação e informação para consolidar a democracia foi construído coletivamente como resultado do Diálogo PenseSUS

Mosaico
Mosaico com diferentes fotos de conferências de saúde

Mosaico do PenseSUS agrega registros de diferentes conferências: mande suas fotos para ajudar a contar a história desses eventos de participação social

Voltar ao topoVoltar