Fiocruz

Fundação Oswaldo Cruz uma instituição a serviço da vida

  • Diminuir tamanho do texto
  • Tamanho original do texto
  • Aumentar tamanho do texto
  • Ativar auto contraste
Selecione uma tarefa

Início do conteúdo

Políticas de Controle do HIV/Aids no Brasil e em Moçambique

Organizadores: Nair Teles, Jairo Jacques da Matta, Wanda Espírito Santo

Apesar dos avanços, o continente do qual Moçambique faz parte continua sendo a área mais afetada pelo HIV, onde residem mais de dois terços das pessoas vivendo com a doença, enquanto no Brasil o índice de novos infectados subiu 6% entre 2005 e 2014, tendência contrária a verificada na maioria dos países. Contextos que apontam para a importância do debate sobre políticas de controle do HIV/Aids nesses dois países. Esta coletânea é um dos vários frutos de uma cooperação técnica entre a Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Eduardo Mondlane, de Moçambique, e a Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz). Reúne capítulos de autores moçambicanos e brasileiros, que apresentam temáticas diversas e buscam dialogar entre si, oferecendo um panorama daquilo que em ambos os países é hoje prioritário. As relações sociais e comunitárias, a participação social e as características dos sistemas e das políticas de saúde inerentes aos dois países são aspectos que perpassam toda a obra. O livro evidencia diferenças nos rumos trilhados, nas experiências vividas e nas conjunturas socioeconômicas, políticas e culturais entre Moçambique e Brasil, mas também demonstra que há um eixo comum: a certeza de que a saúde é um direito humano inalienável. 

Preço: R$ 40,00 | 234 páginas

Comprar este livro na Livraria Virtual

ISBN: 978-85-7541-487-3. 2016.

Sumário:

Apresentação
Parte I – Informação em Saúde
1. Aids: do preconceito à mobilização e a uma outra informação na mídia jornalística
2. Brasil, Angola e Moçambique: cooperação na implementação de inquéritos de vigilância epidemiológica
Parte II – Saber Ser Soropositivo e Construção do Ser: a superação da iniquidade em saúde
3. VIH/Sida e Adolescência: o silêncio e a construção de um outro
4. Vozes dos Jovens de Dondo e Maringue: o kulangiwa no contexto da prevenção do VIH/Sida
5. Discursos, Arenas Plurais e Adolescentes Soropositivos
6. Acesso Universal ao Tratamento para Pessoas Vivendo com HIV/Aids no Brasil
Parte III – Solidariedade em Saúde
7. A Construção da Resposta Brasileira à Epidemia de Aids e os Movimentos Sociais
8. Aporias da Solidariedade Social: assistência das redes sociais às pessoas vivendo com VIH/Sida
9. Quando a Vontade de Ajudar o Outro é Tamanha: o ativista e o VIH/Sida
Uma Conclusão: conectando campos e vontades

Sobre os organizadores:

Nair Teles: socióloga, doutora em sociologia pela Universidade Victor Segalin, Bordeaux, França; pesquisadora do Departamento de Direitos Humanos, Saúde e Diversidade Cultural da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz).

Jairo Jacques da Matta: sociólogo, doutorando em saúde pública pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz), professor do Departamento de Direitos Humanos, Saúde e Diversidade Cultural da Ensp/Fiocruz.

Wanda Espírito Santo: terapeuta ocupacional, doutora em informação e comunicação em saúde pela Fiocruz, pesquisadora do Departamento de Direitos Humanos, Saúde e Diversidade Cultural da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz).

Conheça outros livros da Editora sobre:
Políticas Públicas e Saúde
Saúde Pública

No Portal Fiocruz

Mais Notícias

Voltar ao topoVoltar