Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Sobre a Fiocruz/SP


A ciência, tecnologia e inovação (CT&I) é, no cenário mundial contemporâneo, o único mecanismo para o desenvolvimento sustentável, geração de emprego e renda, profissionalização de mão de obra e democratização da economia e saúde.  No Brasil o cenário não é diferente, ainda mais com os avanços no campo da legislação em CT&I (EC 85/2015, Lei 13.123/2015, Lei 13.243/2016 e Decreto 9283/2018), que viabilizaram oportunidades de se trabalhar em uma nova dinâmica trazendo a CT&I como modelo de desenvolvimento sustentável e melhoria da qualidade de vida da população brasileira.  Pensando em novas formas de trabalho, a Fiocruz e a USP assinaram um acordo de cooperação técnica para implantação de um projeto no campo da medicina translacional (Convênio 25380.00025-31/2016-52) cujo plano de trabalho visa a estruturação de um novo modelo de desenvolvimento da CT&I centrado nas dinâmicas que o marco legal de CT&I oferece. 

Desde 2016 a Plataforma de Medicina Translacional veio ganhando musculatura em seu processo de instalação e assegurou a colaboração com a Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, Supera Parque Tecnológico da Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, Governo do Estado de São Paulo (Gabinete do Governo e Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação), Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Ribeirão Preto e Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto que possibilitaram, junto com várias unidades da Fiocruz Nacional, o estabelecimento de projetos e propostas relevantes para o desenvolvimento do arranjo produtivo regional em saúde.

O trabalho em rede marca os projetos aprovados, os quais mostram clara evolução na capitação de recursos com a participação de pelo menos duas unidades da Fiocruz em colaboração, trabalhando no caráter integrativo citado na Diretriz 05 (T1) – “Fortalecer a inserção e o caráter nacional da Fiocruz nas atividades de CT&I e saúde buscando a redução das desigualdades regionais”. No entanto, vale a pena salientar que a Plataforma de Medicina Translacional ainda é um Escritório Técnico em implantação e necessita ser inserido fortemente nos planos de integração e de articulação permanentes entre as unidades da Fiocruz, a fim de fortalecer as ações nacionais e a inserção locorregional no território. 

Por fim, vale a pena ressaltar que a Plataforma de Medicina Translacional está inserida em um ambiente bi institucional que começou a ser estruturada, muito recentemente, com esforços e financiamento mútuos entre a USP e Fiocruz e, apesar de ainda estar em ampla construção, possui capacidade científica, mão de obra qualificada e espaço físico para interação entre grupos de pesquisa e marca um ato histórico no processo de implantação da Fiocruz no Estado de São Paulo.

A seguir, um breve histórico das unidades da USP inseridas no processo de cooperação para a criação da Plataforma em SP.

A FMRP (Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto)
A FMRP procura formar profissionais adequados às necessidades de Saúde do Brasil. Os egressos de seus Programas de Residência (Médica e Multiprofissional) garantem excelente nível de atenção à saúde. Os cursos de extensão universitária contribuem para a educação permanente de profissionais de áreas diversas. A FMRP forma Mestres, Doutores, Pesquisadores e Pós Doutores. Desenvolve importantes pesquisas, contribuindo para a evolução do conhecimento científico e, através de suas atividades culturais e de extensão, cumpre seu compromisso social.

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina)
O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto tem 815 leitos gerais, 105 leitos de UTI, 569 consultórios, 36 salas cirúrgicas, 23 laboratórios, 68 salas de aulas, 5.962 funcionários e é o maior Complexo de Saúde da cidade de Ribeirão Preto e toda a região. 

A FCFRP (Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto)
A missão da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto é formar profissionais capacitados para atuar nas áreas de Ciências Farmacêuticas, com valores éticos, críticos, reflexivos e humanistas, comprometidos e integrados com a sociedade e a cidadania, constituindo-se num centro de excelência nacional e internacional no ensino, pesquisa e extensão.

A FFCLRP (Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto) 
Atualmente, a FFCLRP-USP está estruturada em sete Departamentos: Departamento de Física, Departamento de Biologia, Departamento de Química, Departamento de Psicologia, Departamento de Computação e Matemática, Departamento de Educação, Informação e Comunicação e Departamento de Música. Estes Departamentos formam Licenciados e Bacharéis em Biologia, Psicologia, Pedagogia e Química, bem como Bacharéis Biblioteconomia e Ciências da Informação, em Física Médica, em Matemática Aplicada a Negócios, Bacharéis com Habilitação em Química Tecnológica, Biotecnologia e Agroindústria, Bacharéis em Química Forense, Licenciados em Educação Artística e Bacharéis em Música com Habilitação em Canto e Arte Lírica.
 

No Portal Fiocruz

Mais Notícias

Voltar ao topoVoltar