Fiocruz

Fundação Oswaldo Cruz uma instituição a serviço da vida

  • Diminuir tamanho do texto
  • Tamanho original do texto
  • Aumentar tamanho do texto
  • Ativar auto contraste
Selecione uma tarefa

Início do conteúdo

Projetos

Olímpiada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente 

Criada em 2001, a Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente (OBSMA) é um projeto educativo de abrangência nacional, idealizado pela Fiocruz por meio da VPEIC e em parceria com a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco). A OBSMA é organizada em regionais e a cada dois anos avalia e divulga atividades desenvolvidas por professores e alunos em sala de aula.

O objetivo é incentivar a realização de trabalhos que contribuam para a melhoria das condições ambientais e de saúde no Brasil, além de aproximar o conhecimento científico do cotidiano escolar e garantir visibilidade às atividades pedagógicas. Além disso, a Olimpíada incentiva a realização de atividades interdisciplinares relacionadas à saúde, ao meio ambiente e à qualidade de vida, nas escolas brasileiras de educação básica e contribui para a valorização e divulgação das atividades.

A Olimpíada contempla os projetos realizados por alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º ao 4º ano do Ensino Médio – incluindo os ensinos profissionalizante e de jovens e adultos (EJA) –, nas modalidades Produção Audiovisual, Produção de Texto e Projeto de Ciências.

Observatório da Fiocruz em CT&I

O Observatório da Fiocruz em Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) é um projeto estratégico, que tem o objetivo de apoiar a gestão das atividades de CT&I da Fundação, assim como a formulação de políticas setoriais no âmbito do Ministério da Saúde.

A partir de fontes de informação selecionadas, um conjunto de indicadores tratados, organizados, sistematizados, comparáveis e confiáveis permite a convergência das informações e amplia a visibilidade sobre a dinâmica da atuação da Fiocruz, além de monitorar tendências para a compreensão de fenômenos que afetem ou potencializem sua capacidade de inovar.

São objetivos do Observatório da Fiocruz em CT&I:

  • Prover a Fiocruz de um instrumento avançado de apoio à gestão, formulação e aperfeiçoamento de políticas estratégicas de modo a monitorar informações relevantes em CT&I, além de produzir indicadores e métricas sobre atividades de pesquisa e produção científica.
     
  • Potencializar a capacidade de inovação da Fiocruz, para fomentar a cooperação, promover a articulação entre as redes internas e externas, bem como aprimorar mecanismos de acompanhamento da dinâmica da instituição.
     
  • Revelar o potencial da Fiocruz para a sociedade, compartilhando seus avanços, além de produzir, contextualizar e difundir informações, democratizando o acesso ao conhecimento gerado pela instituição.

Campus Virtual

O Campus Virtual de Saúde Pública (CVSP) é uma rede de pessoas e instituições que visam facilitar a gestão da informação e comunicação para desenvolver competências individuais e capacidades institucionais em saúde pública. Seu propósito a criação de uma rede para formação de recursos humanos em saúde pública e compartilhamento de recursos educacionais abertos.

O projeto é da Organização Panamericana de Saúde (OPAS) em parceria com a Bireme - que lidera a Rede de Recursos Educacionais Abertos (REA) – e integra repositórios de recursos educacionais de 13 países da América Latina e Caribe com a Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). Atualmente, a Representação Brasil é coordenado pela Fiocruz, através da VPEIC.

Paralelamente, a Fiocruz desenvolve o Campus Virtual Fiocruz alinhado ao CVSP. O objetivo da instituição é constituir, um espaço virtual que permitirá agregar as informações dos 32 programas e demais ações de ensino de suas unidades. A rede utilizará modernas tecnologias de informação e comunicação, com base em um modelo de ensino focado na participação e no intercâmbio de informações com as diferentes redes parceiras, especialmente com a Rede da Universidade Aberta do SUS (UNA-SUS) e do Campus Virtual de Saúde Pública da Opas.

Serviço de Comunicação a Distância

O projeto de Comunicação a Distância visa prover a Fiocruz de infraestrutura tecnológica, recursos humanos e mecanismos de governança (instâncias, fluxos e responsabilidades) para a gestão e operação sustentável de comunicação pela internet, com geração de som e imagem. Os objetivos são favorecer a comunicação à distância entre unidades, reduzir custos e tempo com deslocamentos, dotar a área de Ensino de suportes audiovisuais, fomentar a colaboração e participação em projetos internos e externos e disseminar o acervo audiovisual institucional.

Voltar ao topoVoltar