Início do conteúdo

Fiocruz Piauí: História

Foto antiga mostra homens sentados embaixo de uma tenda

Entre 1912 e 1913, os pesquisadores Arthur Neiva e Belisário Penna passaram nove meses viajando pelo sertão brasileiro, na famosa expedição científica que lançou luz ao flagelo da seca, da fome e da miséria no interior do país. Nascia, então, o primeiro contato da Fiocruz — naquela época, ainda Instituto Oswaldo Cruz —, com o Piauí.

Na viagem pelo sul do estado, os cientistas fizeram um amplo levantamento da flora e da fauna, do quadro de doenças e das condições de vida das populações locais. Registraram, entre tantas outras coisas, a abundância da maniçoba, a profusão das ferroadas por escorpiões — “ali denominados lacraus” —, a boa qualidade da “carne verde” e do leite, a presença brutal do tracoma, os rastros das violentas guerras entre famílias poderosas na região.

Engenho de cana em Caracol, Piauí, 1912. Foto: Acervo COC/Fiocruz

Décadas mais tarde, foram vestígios dos homens pré-históricos que fizeram pesquisadores de Manguinhos retornarem ao estado. Conjunto de sítios arqueológicos com pinturas e gravuras rupestres, o Parque Nacional Serra da Capivara foi palco de pesquisas no campo da paleopatologia, da paleoparasitologia e da bioarqueologia. Esses estudos contribuíram na análise das evidências sobre as migrações transpacíficas pré-históricas para a América do Sul e foram conduzidos pela Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz) a partir dos anos 1970, contribuindo inclusive para o surgimento da Fundação Museu do Homem Americano, em São Raimundo Nonato.

Na década de 1990, a atuação da Fiocruz no estado prosseguiu com atividades de ensino, por meio da cooperação interinstitucional para a formação de doutores na área da Medicina Tropical. Nessa cooperação, que envolveu o Instituto de Doenças Tropicais Nathan Portella, destacam-se estudos sobre micoses profundas, incluindo a paracoccidioidomicose e a criptococose, entre outras patologias, como a doença de Chagas.

Em 2008, nasceu o projeto para a criação de uma unidade da Fiocruz no Piauí. A iniciativa é fruto do programa Mais Saúde, do governo federal, que busca melhorar a gestão da saúde pública em localidades que ainda não contam com a atenção básica.

Foi montado um Grupo de Trabalho (GT) para propor diretrizes e ações. Em 2014, começaram as atividades do escritório da Fundação em Teresina, com o início dos cursos de mestrados. Atualmente, o Escritório Técnico Regional da Fiocruz Piauí funciona nas instalações do Núcleo Regional do Ministério da Saúde, em Teresina.

A consolidação do escritório da Fiocruz no estado do Piauí, que está sob coordenação da Vice-Presidência de Ensino, Informação e Comunicação da Fiocruz, tem sido projetada de forma a contribuir para a solução dos principais problemas de saúde da região e na melhoria da qualidade de vida da população, atuando de forma efetiva no desenvolvimento econômico e tecnológico, em atenção às políticas de desconcentração da pesquisa e formação de recursos humanos, promovidas pelo Governo Federal.

No Portal Fiocruz

Mais Notícias

Voltar ao topoVoltar

Marcha em Defesa do SUS, da Catedral de Brasília até o Congresso Nacional. Manifestações populares e cartazes em prol do Sistema Único de Saúde. Este mosaico traz imagens de atividades espontâneas da 15ª Conferência Nacional de Saúde (15ª CNS), assim como da programação oficial, em diálogos temáticos, grupos de trabalho e plenárias. Confira alguns momentos da 15ª CNS, realizada de 1º a 4 de dezembro, em Brasília (DF), com o tema "Saúde pública de qualidade para cuidar bem das pessoas: direito do povo brasileiro".


Clique para ampliar
  • Parte do público, em evento da 15ª CNS
  • Parte de faixa na 15ª CNS
  • Mesa de diálogo temático, na 15ª CNS
  • Auditório em mesa da 15ª Conferência Nacional de Saúde,  com cartaz escrito "Ocupação educadora"
  • Pequena índia, em close da exposição da Fiocruz, na 15ª CNS: Pelos caminhos do SUS
  • Imagem de cartaz, escrito Movimento Popular da Saúde
  • Parte da imagem da exposição sobre o SUS, escrito Caminhos
  • Fotografia dos delegados da 15ª CNS em sala de diálogo temático
  • Detalhe de banner na tenda Paulo Freire, na 15ª CNS
  • Cruz no gramado à entrada da 15ª CNS
  • Parte de cartaz, escrito "visão holística"
  • Close do rosto da presidente, em discurso na 15ª CNS
  • Parte de cartaz, escrito SUS
  • Trecho de poética para Marcha das Margaridas, sobre mulheres do campo
  • Mosaico de palavras como saúde, participação social e universal
  • Imagem de materiais diferentes, incluindo garrafa e guarda-chuva colorido
  • Ministro da Saúde em mesa da 15ª CNS
  • Faixa com dizeres Marcha da Saúde em Defesa do SUS
  • Parte do cartaz, escrito educaçao popular em saúde
  • Foto da delegação do Amapá na 15ª CNS
  • Apresentação de música na 15ª Conferência Nacional de Saúde
  • Vista superior do auditório na Conferência Nacional de Saúde
  • Pessoa segurando cartaz, aparecendo escrito "em defesa do SUS"
  • SUS 100% público