Início do conteúdo

13/11/2017

Fiocruz amplia cooperação científica com a China

Nísia Trindade e George Gao

Por: Gustavo Mendelsohn Carvalho (Agência Fiocruz de Notícias)

A Fiocruz e o Centro Chinês de Controle e Prevenção de Doenças (CDC/China) deram um passo decisivo para o fortalecimento da cooperação bilateral em Ciência e Desenvolvimento Tecnológico em Saúde. A presidente da Fiocruz, Nisia Trindade Lima e o diretor geral do CDC/China, George Gao assinaram, no dia 1º de novembro, um Memorando de Entendimento, que visa o desenvolvimento conjunto de projetos de pesquisa e desenvolvimento tecnológico, intercâmbio de especialistas e de informações, tecnologia e materiais.

A cerimônia de assinatura aconteceu durante a primeira reunião da Subcomissão de Saúde da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível de Concertação e Cooperação (Cosban) e contou com a presença do Ministro da Saúde, Ricardo Barros, e do vice-ministro da Comissão Nacional de Saúde e Planejamento Familiar da China, Guoqiang Wang, além de delegações dos dois países.

Os próximos passos da cooperação devem acontecer até o final deste ano, com a assinatura de dois Memorandos específicos nas áreas de Genômica e Big Data, para o tratamento de dados armazenados. Para isso, está prevista para dezembro uma missão à China da presidente Nísia e do diretor do Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS/Fiocruz), Carlos Morel.

Leia também: Consulta Agenda 2030: C&T devem promover inclusão social

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar