Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

26/11/2019

II Encontro da Renorbio é aberto na Fiocruz Ceará

Foto: Chico Gomes

Foi aberto nesta terça-feira (26/11), no auditório da Fiocruz Ceará, o II Encontro de Biotecnologia do Nordeste, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia (RENORBIO).

Cerca de 500 pesquisadores do Nordeste e do Espirito Santo, participam do encontro que discute avanços alcançados em temas estratégicos, relativos a biotecnologia em saúde, agropecuária, recursos naturais e indústria. Além de promover a integração entre os pesquisadores, o Encontro também estreita a relação de setores produtivos da área de biotecnologia com a academia.

O evento contou com a participação do Secretário de Ciências, Tecnologia e Inovação do Ceará, Inácio Arruda. Ele falou destacou a ciência e a tecnologia como alicerces para o desenvolvimento do País. “Não há projeto de desenvolvimento no mundo sem investimento em ciência e tecnologia.Só assim teremos uma nação forte, com melhor qualidade de vida para a população, e com menos desigualdade social”, afirmou o secretário.

O pesquisador da área de saúde pública da Fiocruz Ceará, Odorico Monteiro, abriu o evento desejando boas vindas aos participantes. O especialista destacou o trabalho realizado pela RENORBIO e pela Rede Nordeste de Formação em Saúde da Família (RENASF) na formação de mestres e doutores e pediu apoio mútuo para transformar o conhecimento em produto.

"Vamos fazer um esforço e aproveitar a era da biotecnologia para formar mais pesquisadores. Precisamos de mais mestrados, de mais doutorados, como o que estamos construindo na Renasf; e sobretudo de incentivos para transformar os nossos produtos em negócios,” destacou Odorico.

O evento segue até sexta-feira (29/11). Além das palestras com especialistas renomados, os participantes terão acesso a minicursos eestandes de empresas apoiadoras e/ou parceiras do evento.

Voltar ao topoVoltar