Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Agenda Jovem Fiocruz promove ciclo de debates


30/07/2020

Por: Luiza Gomes (Cooperação Social da Fiocruz)

Compartilhar:

Em comemoração ao Dia Internacional da Juventude (12/8), a Agenda Jovem Fiocruz (AJF) promove em agosto o ciclo de debates Juventudes no Brasil: Diálogos Emergentes para o Campo da Saúde. A programação será composta de encontros virtuais com pesquisadores, especialistas e lideranças sociais do campo da juventude para tratar de temas em interface com a saúde, como trabalho, educação, racismo, justiça reprodutiva, dentre outros. A primeira atividade ocorre na próxima terça-feira (4/8) e contará com painelistas como José Roberto Luna, especialista em Adolescência e Juventude do Escritório do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) em Nova York, entre outros convidados.

No primeiro dia do evento (4/8), também ocorrerá o lançamento da publicação Estado do Conhecimento da produção científica da Fiocruz sobre Juventude e Saúde (2006-2016), apresentada por pesquisadores da instituição que compõem a Agenda Jovem Fiocruz. No dia 6 de agosto, Sil Bahia, co-diretora executiva do Olabi, organização que atua pela democratização da tecnologia, e Paulo Galo Lima, liderança do Movimento de Entregadores Antifascistas, participam do painel Trabalho

Nestes e nos outros eventos serão apresentadas experiências de projetos, programas e políticas desenvolvidas pela sociedade civil organizada e pelo poder público voltadas a esse segmento da sociedade. Os encontros serão transmitidos ao vivo pelo canal da Agenda Jovem Fiocruz no YouTube e haverá emissão de certificados para os que se inscreverem na plataforma Sympla.

De acordo com os organizadores, a condição de saúde da juventude não se expressa apenas nos dados epidemiológicos em temas relativos à saúde sexual e reprodutiva, uso abusivo de álcool e outras drogas ou violências, mas também em indicadores pouco abordados como aqueles relativos ao trabalho precário, desemprego e aos efeitos das desigualdades nas condições de vida e de saúde. O envolvimento das novas gerações nos espaços de participação social - princípio consagrado no Sistema Único de Saúde (SUS) – também terá destaque na programação. 

A Agenda Jovem está vinculada a Presidência da Fiocruz e tem o suporte institucional da Coordenação de Cooperação Social. Como uma proposta de plataforma colaborativa, conta com representações das unidades da Fundação em Grupos de Trabalho nas áreas de Pesquisa, Educação e Ações Territorializadas. Em colaboração com organizações da sociedade civil e movimentos sociais, a Agenda Jovem promove projetos, ações e debates sobre Políticas Públicas de Juventude com enfoque na saúde, sob o prisma do Estatuto da Juventude. 

Programação:

Dia 4/8 
- 16h às 18h: Painel de abertura: Panoramas de Juventudes e saúde 

Dia 6/8 
- 16h às 17h30: Juventudes e trabalho - Carreira correria: jovens no atual mundo do trabalho

Dia 11/8 
- 16h às 17h30: Juventudes e lutas antirracistas - Tanta dor rouba nossa voz, sabe o que resta de nós? 

Dia 13/8 
- 16h às 17h30: Juventudes e justiça reprodutiva - Juventudes e justiça reprodutiva: contribuições para o debate contemporâneo na saúde 

Dia 18/8 
- 16h às 17h30: Juventudes Indígenas e Quilombolas 

Dia 20/8 
- 16h às 17h30: Juventudes, Gênero e  Diversidade 

Dia 25/8 
- 10h30 às 12h: Juventudes e Deficiências
- 16h às 17h30: Juventudes e Educação

Dia 27/8 
- 10h30 às 12h: Juventudes e Comunicação
- 16h às 17h30: Juventudes e Cultura

Dia 3/9
- 16h às 17h30: Juventudes, produção de conhecimento e ativismos.
A experiência dos jovens investigadores

Voltar ao topoVoltar