Fiocruz

Fundação Oswaldo Cruz uma instituição a serviço da vida

  • Diminuir tamanho do texto
  • Tamanho original do texto
  • Aumentar tamanho do texto
  • Ativar auto contraste
Selecione uma tarefa

Início do conteúdo

07/02/2017

Pesquisadora da Fiocruz Pernambuco é eleita personalidade do ano no prêmio 'Faz diferença'


Por: Fabíola Tavares (Fiocruz Pernambuco)

A pesquisadora da Fiocruz Pernambuco Celina Turchi foi eleita personalidade do ano, juntamente com a médica Adriana Melo, do Instituto de Pesquisa Professor Joaquim Amorim Neto (Ipesq), pelo Prêmio Faz Diferença, promovido pelo jornal O Globo. Celina e Adriana foram reconhecidas por suas contribuições relacionadas à epidemia da zika. A cerimônia de premiação acontecerá em março.

Celina coordena a pesquisa que comprova cientificamente a relação entre o vírus zika e o elevado número de casos de microcefalia surgidos no Nordeste do Brasil, no segundo semestre de 2015. O estudo está sendo desenvolvido em oito maternidades do Recife. Em dezembro passado, a pesquisadora foi eleita um dos dez nomes de maior destaque da ciência em 2016 pela revista científica Nature. Natural de Goiás, ela reside no Recife há dez anos.

Adriana Melo, diretora do Ipesq, em Campina Grande (PB), foi uma das primeiras médicas a perceber o aumento do número de fetos com mal formação em 2015 e a relacionar o fato com os sintomas de zika apresentados pelas mães no primeiro trimestre de gestação.

Voltar ao topoVoltar