Fiocruz

Fundação Oswaldo Cruz uma instituição a serviço da vida

  • Diminuir tamanho do texto
  • Tamanho original do texto
  • Aumentar tamanho do texto
  • Ativar auto contraste
Selecione uma tarefa

Início do conteúdo

09/01/2017

Nísia Trindade Lima anuncia equipe que vai compor nova Presidência da Fiocruz


Por: César Guerra Chevrand (Agência Fiocruz de Notícias)

Eleita pela maioria dos servidores da Fundação Oswaldo Cruz e nomeada presidente para a gestão 2017-2020, Nísia Trindade Lima anunciou, nesta segunda-feira (9/1), em sessão do Conselho Deliberativo da Fiocruz, algumas mudanças na estrutura de gestão e os nomes que vão compor a sua equipe na Presidência.

Entre os determinantes para o seu mandato, estão o fortalecimento da capacidade de coordenação, a integração entre os diversos setores da Presidência e com as unidades, a transversalidade, o fortalecimento da capacidade de escuta e diálogo e a orientação estratégica.

"Quero dizer a todas e a todos que a Presidência da Fundação Oswaldo Cruz trabalhará de forma unida, com enorme satisfação e responsabilidade em conduzir essa instituição. O que vai me guiar é o compromisso programático que balizou minha eleição. Estou animada, consciente da responsabilidade e consciente da força que nossa comunidade nos dará para trabalharmos bem. Nós vamos trabalhar com uma agenda positiva e estaremos juntos, mesmo nas divergências, mesmo nas diferenças. Nós somos Fiocruz, a serviço da democracia, da cidadania, da saúde e do desenvolvimento sustentável em nosso país", afirmou a nova presidente da Fundação.

Nova equipe

Para a Vice-Presidência de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde, foi escolhido o nome de Marco Antonio Carneiro Menezes, tecnologista em Saúde Pública da Fiocruz desde 1996 e vice-diretor de Ambulatórios e Laboratórios da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz) desde 2013. É também representante da Fiocruz na Comissão Nacional de Segurança Química (Conasq).

Reunido em Manguinhos (RJ), Conselho Deliberativo homologou os novos vice-presidentes da Fiocruz

Pesquisador titular do Instituto Gonçalo Moniz (Fiocruz Bahia) desde 1990 e diretor da unidade desde 2013, Manoel Barral Netto é o novo vice-presidente de Educação, Informação e Comunicação. Membro titular da Academia Brasileira de Ciências e Comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico, Barral Neto também é professor titular da Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Escolhido para a Vice-Presidência de Gestão e Desenvolvimento Institucional, Mario Santos Moreira foi presidente do Conselho Curador da Incubadora Tecnológica do Tecpar (2012-2015), coordenador do projeto Nanosus na Fiocruz no Paraná desde 2014 e membro do Conselho Curador da Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Saúde (Fiotec).

Pesquisador titular especial da Fiocruz desde 1985 e diretor do Centro de Pesquisas René Rachou (Fiocruz Minas), no período 2009-2012, Rodrigo Correa de Oliveira é o novo vice-presidente de Pesquisa e Coleções Científicas. É também membro titular da Academia Brasileira de Ciências e membro titular (Fellow) da The World Academy of Sciences for the advancement of Science in developing countries (TWAS).

Escolhido para a Vice-Presidência de Produção e Inovação em Saúde, Marco Aurelio Krieger foi vice-diretor de Desenvolvimento Tecnológico e Prototipagem do Instituto Carlos Chagas (Fiocruz Paraná) e diretor de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Instituto de Biologia Molecular do Paraná. É também vice-coordenador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) de Diagnósticos para a Saúde Pública.

Vice-Presidente de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde entre 2009 e 2016, Valcler Rangel é o novo chefe de gabinete da Presidência. Deolinda Gouvêa dos Santos é a secretária executiva do gabinete. A jornalista Elisa Andries permanece à frente da Coordenadoria de Comunicação Social (CCS).

Ex-diretor da Fiocruz Mato Grosso do Sul, Rivaldo Venâncio da Cunha será responsável pela Coordenação de Vigilância e Laboratórios de Referência. Ex-secretário de Desenvolvimento da Produção do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Carlos Grabois Gadelha será o coordenador das Ações de Prospecção. Ex-diretor do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF), Carlos Maciel será o coordenador-executivo do Complexo dos Institutos Nacionais de Saúde.

No Portal Fiocruz

Mais Notícias

Voltar ao topoVoltar