Início do conteúdo

09/05/2016

Diretor de centro internacional da Fiocruz é nomeado para Opas

André Costa (CCS)

O diretor do Centro de Relações Internacionais em Saúde da Fiocruz (Cris/Fiocruz), Paulo Buss, foi nomeado um dos membros do painel da Comissão de Alto Nível de Avaliação de Equidade e Desigualdades na Saúde nas Américas, da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas/OMS). Em seu mandato como comissário, Buss fornecerá orientações que ajudem a definir quais devem ser as prioridades estratégicas da Comissão, e também colaborará para assegurar seu rigor científico e adequação ao contexto do continente.

A comissão aprofundará os conhecimentos sobre os principais determinantes sociais da saúde nas Américas, com forte ênfase sobre fatores que influenciam a saúde como gênero, etnicidade, economia, respeito aos direitos humanos, cultura, política e meio-ambiente. O grupo foi estabelecido pela Opas/OMS com o propósito de avaliar as associações entre as desigualdades sociais e os índices de saúde no continente, para então formular recomendações práticas e eficazes em termos de políticas públicas capazes de reduzir as inequidades nas Américas.

A comissão trabalhará de acordo com a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, das Nações Unidas, e com o Plano Estratégico 2014-2019 da Opas/OMS. O grupo atuará de maneira próxima a todos os países da região, desenvolvendo parcerias com 14 países para assegurar trocas eficientes de informação e experiência. O secretariado também apoiará o trabalho da Comissão, assim como o Instituto de Equidade em Saúde da University College London, onde trabalha o presidente da comissão, Sir Michael Marmot.

Buss tomará posse de seu mandato em cerimônia a ser realizada em Washington (EUA) nesta quarta-feira (11/5). O cargo é válido por dois anos

Voltar ao topoVoltar