Fiocruz

Fundação Oswaldo Cruz uma instituição a serviço da vida

  • Diminuir tamanho do texto
  • Tamanho original do texto
  • Aumentar tamanho do texto
  • Ativar auto contraste
Selecione uma tarefa

Início do conteúdo

21/03/2017

Fiocruz sedia, em outubro, Conferência-Luso Brasileira de Acesso Aberto

Foto da baia de guanabara tirada do alto

Por: Raquel Truta (Open Access/UMinho)

A 8ª Conferência-Luso Brasileira de Acesso Aberto (ConfOA) retorna em 2017 ao Rio de Janeiro onde, em 2011, a ConfOA se realizou pela primeira vez no Brasil. Este ano, a instituição que irá acolher a 8ª ConfOA é a Fundação Oswaldo Cruz, uma referência não apenas na pesquisa e no ensino na área da saúde, mas também no acesso aberto no Brasil. A 8º Conferência-Luso Brasileira de Acesso Aberto realiza-se nos dias 4 e 5 de outubro (com workshops pós-conferência previstos para 6 de outubro), no campus de Manguinhos da Fiocruz.

O tema da 8ª ConfOA é Do Acesso Aberto à Ciência Aberta, querendo sublinhar o alargamento do âmbito da conferência, dado que o acesso aberto é uma componente, e uma condição indispensável da ciência aberta, que abrange outras dimensões. A ConfOA pretende reunir as comunidades portuguesa, brasileira, bem como dos restantes países lusófonos, que desenvolvem atividades de investigação, desenvolvimento, gestão de serviços e definição de políticas relacionadas com o acesso aberto ao conhecimento e com todas as outras vertentes da ciência aberta. A ConfOA assume-se como o espaço privilegiado para, com o objetivo de promover a partilha, discussão e divulgação de conhecimentos, práticas e investigação sobre estas temáticas, em todas as suas dimensões e perspectivas.

Assim, convidamos a comunidade a apresentar propostas de trabalhos sobre os seguintes temas:

  • Acesso Aberto e Dados Científicos Abertos: marcos legais, políticas e práticas
  • Repositórios digitais – institucionais, temáticos, de dados de pesquisa ou de património cultural
  •  Revistas científicas de acesso aberto e tendências na comunicação e divulgação científica
  •  Publicação institucional em acesso aberto
  •  Direito autoral e propriedade industrial
  •  Análise e avaliação de políticas públicas, institucionais e de fomento
  •  Modelos e padrões de metadados
  •  Preservação Digital

Ciência Aberta e outras expressões de conhecimento aberto

  •  Ética, Integridade da Pesquisa e RRI (Investigação e Inovação Responsáveis)
  •  Modelos tradicionais e alternativos de avaliação da Ciência (bibliometria e métricas alternativas)
  •  Ciência cidadã
  •  Dados governamentais abertos
  •  Outras práticas de conhecimento aberto (hardware e software livre, educação aberta)

Sistemas de gestão de informação de Ciência e Tecnologia (CRIS)

  • Interoperabilidade entre sistemas de informação de apoio à atividade científica e acadêmica
  • Softwares livres para a construção de CRIS

A organização irá acolher propostas sobre estes temas, bem como outros relacionados com os aspectos políticos, legais, sociais, organizativos ou técnicos do acesso aberto e da ciência aberta.

Processo de apresentação de propostas

Comunicações (Apresentação oral de 15 minutos)

As propostas para comunicação devem ter um mínimo de duas páginas e um máximo de quatro páginas (ver e utilizar o modelo de proposta de comunicação no site oficial). As propostas devem apresentar investigação ou desenvolvimento originais, privilegiando-se os trabalhos que relatem casos gerais (ou seja relativos a mais do que uma instituição ou sistema) e/ou que tenham relevância para uma audiência alargada.

As propostas com qualidade e relevância que não possam ser aceites como comunicações, poderão ser consideradas para apresentação como Pecha Kucha ou Póster.

Pecha Kuchas

Os Pecha Kucha são apresentações de 7 minutos, com não mais de 24 slides. As propostas deverão ter um mínimo de uma página e um máximo de duas páginas (ver e utilizar o modelo de proposta Pecha Kucha). As propostas de Pecha Kucha podem apresentar trabalhos de investigação e desenvolvimento recentes ou em conclusão, e eventualmente casos concretos e locais, mas com interesse e relevância geral.

As propostas com qualidade e relevância que não possam ser aceites como Pecha Kucha poderão ser consideradas para apresentação como Poster.

Pôster

Convidamos a apresentação de propostas de pôsters, que devem ter uma página (ver e utilizar o modelo de proposta de pôster), que servem para apresentar trabalho ainda em desenvolvimento ou experiências locais. Os pôsters serão exibidos em formato papel ou formato digital (serão dadas indicações e instruções para a apresentação dos posters após a aceitação das propostas), e serão apresentados oralmente na sessão “O meu Pôster num minuto”.

Datas importantes

9 de abril 2017: Fim do prazo para apresentação de propostas

9 de junho: Notificação da aceitação das propostas

12 de junho: Abertura das inscrições na conferência

Mais informações no site da 8ª ConfOA.

Fonte: RCAAP/ConfOA

,

 

Voltar ao topoVoltar