Início do conteúdo

14/07/2017

Assédio moral é tema de aula aberta (25/7)


Fonte: Ensp/Fiocruz

O Centro de Estudos da Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana (Cesteh/Ensp/Fiocruz) promoverá, no dia 25 de julho, a aula aberta do Curso de Especialização em Saúde do Trabalhador. Com o tema Os ataques à saúde mental de quem trabalha: o assédio moral, a atividade contará com a participação da professora adjunta do Departamento de Saúde Coletiva da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), Terezinha Martins. A palestra será no salão internacional da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/Fiocruz), a partir das 13h. Não é necessária inscrição prévia, e o evento é aberto a todos os interessados.

Terezinha Martins esteve na Ensp em 2016, durante as comemorações dos 62 anos da escola. Na ocasião, a professora falou sobre O assédio moral e sexual e a gestão de instituições públicas. Segundo ela, o assédio moral é maior do ponto de vista numérico e pior do ponto de vista qualitativo no serviço público. "Quando somos assediados, não somente adoecemos, nos matamos ou nos deprimimos, mas também diminuímos a qualidade do nosso serviço e produção. Portanto, a consequência do assédio a um servidor é dupla, isso visto da ótica do trabalhador e da ótica do serviço prestado à população, que é quem paga nossos salários”, afirmou ela.

 

 

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar